12 de nov de 2011

Tu me sustentas




No dia em que eu ver
Tudo o que Você fez por mim
Quando eu Te ver face a face
Lá serei envolvido pela Sua graça

Todos os meus medos são dissipados
Na luz de Seu abraço
Onde Teu amor é tudo o que eu preciso
E para sempre estou livre

Onde as ruas são feitas de ouro
E Tua presença cura e preenche
Que as canções celestiais ergam-se somente a Ti

Sem choro
Sem dor ou mágoa
Sem sofrimentos
Você me segura agora
Você me segura agora

Sem escuridão
Sem doentes ou aleijados
Sem me esconder
Tu me sustentas
Tu me sustentas


Nesta vida eu vou permanecer firme
Na minha alegria e minha dor
Sabendo que há um dia maior
Há uma esperança que nunca falha

Onde Teu nome é exaltado
E para sempre louvores se erguerão
Para a glória do Teu nome
Eu estou crendo neste dia

Onde as guerras e a violência cessam
Toda criação vive em paz
Que as canções celestiais ergam-se somente a Ti

Por toda eternidade meu coração dará
Toda glória ao Seu nome

0 comentários:

Postar um comentário