8 de set de 2012

Não temas.


Eu gostaria de começar esse post com uma pergunta: Do que você tem tido medo?

Em Matheus 8:26 Deus faz a seguinte pergunta aos seus discípulos: "Porque vocês tem tanto medo, homens de pequena fé?" , naquela ocasião Jesus e seus discípulos estavam dentro de um barco e uma violenta tempestade caia sobre eles, de forma que as ondas inundavam o barco. Certamente podemos trazer essa pergunta de Jesus aos nossos dias atuais. 
Nossa primeira reação e perguntar se Jesus está falando sério, brincando, pregando uma peça. Como não ter medo com uma tempestade ameaçando mata-los? Mas Jesus estava falando muito sério, Ele não sorri. Um deles, Matheus, recorda da viagem: "Entrando Ele no barco, seus discípulos o seguiram. De repente, uma violenta tempestade abateu-se sobre o mar, de forma que as ondas inundavam o barco" (Matheus 8:23,24).
Você não gostaria de uma frase mais leve, uma consequência mais feliz da obediência? É, eu também. Porém, quem escolhe navegar com Cristo, também escolhe "se molhar com Cristo". Podemos esperar mares violentos, ventos bravos. "Neste mundo terão [não "podem ter" ou "talvez tenham"] aflições" (joão 16:33).
Porém o mais interessante nessa passagem é que Jesus dormia no barco, enquanto seus discípulos desesperados pensavam que iriam morrer. Você conseguiria dormir em um momento desses? É difícil, porém quando Deus está conosco no barco, podemos confiar, Jesus nunca deixaria que aquela tempestade tirasse a vida de seus discípulos.

Assim é conosco, se Deus está em nosso barco, porque tememos tanto às aflições dessa vida? Tudo que Deus faz tem um propósito, nada é em vão, Ele quer, através de nossas dificuldades, nos capacitar para acontecimentos futuros, para que possamos suportar furacões que virão. 
Por isso, se Deus está em seu barco, não tema, ele não deixará que você morra, descanse no Senhor, confia nEle, e não deixe, jamais deixe que o medo te faça refém dele. Depois da tempestade, sempre vem o arco-íris.

Que Deus abençoe vocês
Abdy.

0 comentários:

Postar um comentário